Petisco #2 – Sob o manto da benevolência

As doações anunciadas no principal telejornal do país parecem monumentais, mas via de regra representam uma pequena porcentagem dos lucros das empresas. Há casos gravemente contraditórios, como o da JBS, que anunciou uma doação de 400 milhões de reais, mas guarda em seus frigoríficos um dos principais focos de contaminação por coronavírus do país. Corporações que representam a indústria de alimentos também demonstraram sua falta de bom senso ao doar centenas de toneladas de alimentos ultraprocessados para famílias vulneráveis. Como sempre dizemos no Joio, estes alimentos então intimamente relacionados a casos de doenças crônicas (como diabetes, hipertensão, câncer etc.) que agravam casos de Covid-19. Neste Petisco também falamos sobre outras estratégias corporativas adotadas durante a pandemia, como a divulgação massiva de informações questionáveis sobre a vitamina D. Todo o conteúdo está disponível em nosso site: www.ojoioeotrigo.com.br. 

Se você tiver alguma dúvida, comentário ou sugestão sobre o episódio, fala com a gente nas redes sociais ou no email [email protected]

Matérias relacionadas