Quem apoia


A ACT Promoção da Saúde surgiu em 2006, chamando-se Aliança de Controle do Tabagismo, com a missão de monitorar a implementação e o cumprimento das medidas preconizadas pela Convenção-Quadro e seus protocolos, e desenvolver a capacidade de controle do tabagismo nas cinco regiões do país.
A experiência acumulada na construção de coalizões e advocacy para a elaboração e implantação de políticas de controle do tabagismo permitiu, em 2013, a expansão do escopo de atuação para apoiar a prevenção e o controle das doenças crônicas não transmissíveis no Brasil. A organização passou se chamar, então, Aliança de Controle do Tabagismo e Saúde, hoje abreviado em ACT Promoção da Saúde.



Instituto Ibirapitanga se dedica à defesa de liberdades e ao aprofundamento da democracia no Brasil. Desde 2017, apoia, por meio de doações, organizações, movimentos e coletivos da sociedade civil brasileira a partir de dois programas — Sistemas alimentares e Equidade racial. Nessas duas áreas, o objetivo comum é fortalecer a capacidade de grupos e pessoas que desejam produzir transformações estruturais positivas no país.



O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) foi criado em 1987 por um grupo de voluntários. Tem como missão orientar, conscientizar, defender a ética na relação de consumo e, sobretudo, lutar pelos direitos de consumidores-cidadãos. O Idec mantém um programa de análise, reflexão e atuação na promoção do direito humano à alimentação adequada e saudável.



A Fundação Heinrich Böll é uma organização política alemã sem fins lucrativos que tem como princípios fundamentais a ecologia e a sustentabilidade, a democracia e os direitos humanos, a autodeterminação e a justiça social. A organização dá ênfase à democracia de gênero, o que significa a emancipação social e direitos iguais para mulheres e homens. Um dos objetivos centrais é o apoio e a promoção de processos de democratização. Para isso, um pressuposto fundamental é a existência de uma sociedade civil atuante.
A fundação apoiou diretamente o Joio em duas temporadas do podcast Prato Cheio e na construção da página de Bocado, uma rede de repórteres latino-americanos voltados à cobertura de sistemas alimentares.



A FIAN Brasil, fundada em 2000 e, desde 2015, com sede em Brasília (DF), compreende que grande parte da fome e da desnutrição existentes não é um resultado da escassez de alimentos ou da limitação geral de recursos, mas sim uma consequência de relações e estruturas sociais altamente desiguais que violam o Direito Humano à Alimentação e à Nutrição Adequadas (Dhana). A FIAN Brasil apoia O Joio e O Trigo em investigações, como as realizadas sobre cultura alimentar e Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae).