Seja a água do nosso feijão

Você é parte essencial do Prato Cheio. Sem a sua participação, esse prato aqui fica raso. Já fizemos a primeira temporada do podcast de O Joio e O Trigo. Agora, queremos muito uma segunda temporada, um tiquinho maior. Ajuda a gente?

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba toda semana notícias atualizadas

Prato Cheio

Conheça o Prato Cheio, o podcast de O Joio e O Trigo sobre alimentação e suas implicações políticas.

Depois de uma estreia de sucesso, o Prato Cheio volta ao ar para com uma segunda temporada.


Ouça os novos episódios

Donos do Mercado

"Donos do mercado: como os grandes supermercados exploram trabalhadores, fornecedores e a sociedade" é o primeiro livro produzido diretamente pela equipe de O Joio e O Trigo.

Os repórteres Victor Matioli e João Peres vasculham cada prateleira para entender como Carrefour e Pão de Açúcar se tornaram os gigantes do comércio alimentar no Brasil.


Saiba mais

Veja também

Pedir ou não pedir? O dilema das tecnologias sobre a comida

A revolução que vivemos nos modos de comer aumenta realmente nossas opções e liberdade?

8 de fevereiro de 2021

‘Não é hora de equilíbrio orçamentário’, diz diretor de programa vencedor do Nobel

‘É a hora de salvar vidas’, afirma o representante do Programa Mundial de Alimentos no Brasil, Daniel Balaban, em entrevista; para ele, é necessário manter o auxílio emergencial

3 de fevereiro de 2021

Adeus ao arroz e feijão? Preço de alimentos continuará alto em 2021

Fatores que contribuíram para a carestia, como o câmbio e a crise econômica, mantêm-se pelos próximos meses, provocando efeitos na cultura e na qualidade alimentar

28 de janeiro de 2021

Avança o lobby pelo uso de agrotóxicos nas ruas do Brasil

Aplicação é ilegal, mas prefeituras ignoram determinações da Anvisa – que parece ter mudado de ideia e agora planeja aprovar liberação dos venenos Se 2020 foi o ano em que mais agrotóxicos foram aprovados no Brasil, em 2021 pode ser que as prefeituras recebam sinal verde para usar alguns desses venenos nas ruas das cidades […]

22 de janeiro de 2021

Coca-Cola abandona o filho ILSI à própria sorte

Corporação anuncia saída de organização criada por ela em 1978 e envolvida em acusações de manipulação de evidências científicas em prol dos financiadores A Coca-Cola decidiu abandonar uma de suas mais férteis criações.

21 de janeiro de 2021

O agro, de onde vem?

Formação política do agronegóciodesvenda as origens conceituais do setor mais importante da economia brasileira e seus tentáculos sobre a política nacional, mostra quem é quem, quais são as divisões e os pontos de convergência entre proprietários rurais, parlamentares e organizações públicas e privadas ligadas ao agro Ruralista é tudo igual.

20 de janeiro de 2021

Frigoríficos, granjas e fabricantes de iogurtes: quem está investindo no veganismo sem veganos

Por que o Brasil é estratégico no avanço de corporações sobre a produção de alternativas à carne.

18 de janeiro de 2021

O envenenamento invisível das cidades

O Brasil não tem controle sobre o uso doméstico de herbicidas.

14 de janeiro de 2021

Pandemia, corporações e “feminismo envergonhado”: a mão direita de Doria no governo de SP

Quem é Patrícia Ellen da Silva, a secretária do governo paulista que é destaque na flexibilização da quarentena e junto ao empresariado durante a crise da covid-19?

11 de janeiro de 2021

Bem viver: vacina contra esta e outras pandemias

Conceito de origem indígena engloba ações coletivas de alimentação, educação e cuidado que estão fazendo a diferença nas periferias As comunidades das periferias do Brasil estão cercadas de inseguranças (alimentares, de direitos), mas têm uma certeza consolidada há séculos: a de não poder esperar soluções do poder público.

8 de janeiro de 2021

Fique (e beba) em casa: na pandemia, brasileiros abusam de álcool, e indústria de cerveja cresce

A diminuição do consumo de álcool na rua, por conta da pandemia, não fez com que os brasileiros bebessem menos.

5 de janeiro de 2021

A pandemia para expiar algumas culpas

Todo esse tempo de isolamento social levou a refletir; as dores na lombar, a louça para lavar ou a comida que já acabou poderiam nos levar a rever certas atitudes

22 de dezembro de 2020