Brasil sem Veneno

De onde vem a comida do seu prato?

De onde vem a comida do seu prato?

Mesmo com área reduzida, pouco crédito e dificuldades de escoamento, agricultura familiar domina a produção de verduras e legumes, além de alimentos como mandioca e batata-doce

Brasil Sem Veneno

Brasil Sem Veneno

O projeto Brasil Sem Veneno é resultado de uma parceria entre O Joio e O Trigo e o observatório De Olho nos Ruralistas. As equipes dos veículos fizeram uma série investigativa sobre os impactos ambientais, sociais e à saúde provocados pelos agrotóxicos. Publicamos um mapa do corpo humano com os impactos causados pelos pesticidas, histórias de perseguições a pesquisadores e um mapeamento sobre as múltiplas formas de resistências aos agrotóxicos no Brasil, que abrangem desde a pesquisa acadêmica até a articulação de movimentos sociais e políticos que tentam conter o uso indiscriminado de venenos no campo.

Campo e cidade cobram políticas públicas por Brasil sem veneno

Campo e cidade cobram políticas públicas por Brasil sem veneno

Representantes de movimentos, da academia e do legislativo se articulam para produzir sem agrotóxicos; prioridades são barrar o Pacote do Veneno (PL 6299/02), derrubar os incentivos fiscais e fortalecer políticas públicas de incentivo à produção agroecológica, principalmente a camponesa

Legado de Zé Maria do Tomé transforma Ceará em referência na resistência contra os agrotóxicos

Legado de Zé Maria do Tomé transforma Ceará em referência na resistência contra os agrotóxicos

Levantamento do projeto Brasil Sem Veneno detalha 12 iniciativas de combate aos pesticidas no estado; morte de líder camponês na Chapada do Apodi, em 2010, fomentou a criação de projetos educativos e a aprovação da Lei Zé Maria do Tomé, que proíbe a pulverização aérea de agrotóxicos no Ceará e é combatida por atores do agronegócio