o feroz e o encantado

O feroz e o encantado

O feroz e o encantado

“Os parceiros do Rio das Mortes” é uma série investigativa sobre a iniciativa Independência Indígena, uma parceria de fazendeiros ligados ao Sindicato Rural de Primavera do Leste e os indígenas da etnia Xavante, com apoio da Fundação Nacional do Índio (Funai) e do governo do Mato Grosso

A invenção da pobreza (de como nascem os problemas)

A invenção da pobreza (de como nascem os problemas)

Os povos indígenas são pobres? Ou pobre é a régua de quem define os parâmetros de riqueza a partir do olhar dos brancos? Os Manoki são sobreviventes: chegaram a ser dizimados por massacres e doenças. Mas escaparam para retornar à terra original, onde descobriram o conceito de propriedade privada. Hoje, plantam soja enquanto lutam pela demarcação definitiva de suas terras, onde esperam poder voltar a viver de caça, pesca e agricultura tradicional.

A invenção da propriedade privada (de como nasce a desigualdade)

A invenção da propriedade privada (de como nasce a desigualdade)

O primeiro episódio da série “O feroz e o encantado” conta como lideranças do povo Pareci se tornaram defensores do agronegócio e fiéis do bolsonarismo. Nossos repórteres se deparam com o avanço de uma ideologia empreendedora e individualista, que vê nos modos de vida tradicionais um motivo de vergonha. E refletem sobre os limites legais da transformação de terras indígenas em fazendas.