Da marmelada só sobrou o nome

Uma cidade pitoresca encravada na Serra na Mantiqueira guarda a história de um célebre doce perdido: a marmelada. O que aconteceu com essa iguaria que era quase onipresente na mesa do brasileiro e que agora virou coisa do passado? Será que a única maneira de salvar um alimento é transformá-lo em um produto? Pelas ladeiras de Marmelópolis, entre memórias e ruínas de fábricas antigas, nossos repórteres tentam encontrar as respostas.  

Entrevistas:

  • Darci Pereira, agricultor 
  • César Lourenço Ribeiro Junior, agricultor
  • Benedita de Castro Fortes, moradora de Marmelópolis
  • Túlio Meireles, técnico agrícola e funcionário da EMATER-MG
  • Joelma Pádua, secretária de Agricultura de Delfim Moreira
  • Irênio Alves Ribeiro, ex-agricultor de marmelo
  • Moisés Cunha, fabricante de marmelada e proprietário da Marmelópolis Doces de Minas Gerais 
  • Edméia Guimarães Alkimin, ex-secretária de Educação de Delfim Moreira e responsável pela salvaguarda do marmelo
  • Celso Ricardo Coura de Castro, tratorista da Prefeitura de Marmelópolis

Fontes de informação citadas no episódio

Se você tiver alguma dúvida, comentário ou sugestão sobre o episódio, fala com a gente nas redes sociais ou no email podcast.pratocheio@gmail.com

Roteiro e pesquisa João Peres, Luisa Coelho & Marcos Hermanson Pomar | Narração Marcos Hermanson Pomar | Edição e criação de Som Victor Oliveira | Produção-executiva Luisa Coelho | Design Denise Matsumoto & Clara Borges | Mídias Sociais Nathália Iwasawa & Amanda Flora

Trilha sonora adicional Blue Dot Sessions

Matérias relacionadas