A moça da lata

A Nestlé reescreveu os doces brasileiros. Quando o Leite Moça já não podia ser oferecido aos bebês, a corporação suíça se adaptou rapidamente. Beijinho, pudim de leite, papo de anjo: todas as receitas tradicionais foram adaptadas para fazer do Brasil um alvo preferencial dos produtos da empresa, que soube se posicionar como amiga e educadora de toda uma geração de donas de casa. Esse episódio entrevista a pessoa responsável por essa operação e traz um final surpreendente. 

Entrevistadas:

  • Débora Oliveira, autora do livro Dos cadernos de receitas às receitas de latinha: indústria e tradição culinária no Brasil
  • Débora Fontenelle, criadora do Centro Nestlé de Economia Doméstica

Fontes de informação citadas no episódio

Para saber mais:

  • Livro — Dos cadernos de receitas às receitas de latinha: indústria e tradição culinária no Brasil, de Débora Oliveira
  • Podcast — Parece comida, mas não é

Se você tiver alguma dúvida, comentário ou sugestão sobre o episódio, fala com a gente nas redes sociais ou no email [email protected]

Roteiro João Peres | Pesquisa Luisa Coelho | Narração Marina Yamaoka | Participação especial Amanda Cappia| Edição de Som Victor Oliveira | Produção-executiva Marina Yamaoka | Design Denise Matsumoto | Mídias Sociais Amanda Flora

Trilha sonora Victor Oliveira; Carlos Gomes – Grande Valsa de Bravura; Celly Campelo – Lacinhos Cor de Rosa; Roberto Carlos – As Curvas da Estrada de Santos; Agostinho dos Santos – A Felicidade; Blue Dot

Matérias relacionadas