Casa grande, quartinho de empregada

Arquitetura, alimentação e poder estão em constante diálogo. Esse episódio analisa como a arquitetura acompanhou a transformação da sociedade brasileira ao longo dos últimos dois séculos. Ou melhor, como a casa brasileira se transformou para manter um traço vergonhoso da nossa sociedade. Da senzala ao quartinho de empregada, chegando ao iFood, um percurso histórico e sociológico sobre cozinha, gênero e racismo.  

Entrevistados:

  • Nabil Bonduki – professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP
  • Sirleite Alves Rocha Costa, serviços domésticos
  • Conceição Santos Nascimento, serviços domésticos
  • Riva Feitoza, arquiteta, designer de interiores e ex-empregada doméstica

Para saber mais:

Livro 

Se você tiver alguma dúvida, comentário ou sugestão sobre o episódio, fala com a gente nas redes sociais ou no email [email protected]

Roteiro João Peres | Pesquisa Luisa Coelho | Narração Amanda Flora e Guilherme Zocchio | Edição de Som Victor Oliveira | Produção-executiva Marina Yamaoka | Design Denise Matsumoto | Mídias Sociais Amanda Flora

Trilha sonora Victor Oliveira | Trilha adicional Blue Dot Sessions

Matérias relacionadas