72% dos produtos da Vigor e 57% dos produtos da Danone contêm excesso de gorduras saturadas

Mais da metade do portfólio das fabricantes de bebidas lácteas também tem excesso de açúcar, de acordo com análise realizada pelo Idec

Uma análise conduzida pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, o Idec, a pedido do Joio mostrou que mais da metade dos produtos Danone e Vigor disponíveis nas prateleiras em 2017 apresentava alta concentração de açúcar e gorduras saturadas. 

O levantamento submeteu uma base de dados de 239 produtos (117 da Vigor e 122 da Danone) coletada em 2017 em cinco supermercados de diferentes regiões do país aos critérios do Perfil Nutricional da Opas

Para ser considerado excessivo em açúcar pelos critérios da Opas, um produto deve ter 10% ou mais de seu valor energético total (kcal) proveniente de açúcares livres. O mesmo critério vale para gorduras saturadas. 

A análise conduzida pelo Idec mostrou que 52% dos produtos da Vigor continham excesso de açúcar e 72% continham excesso de gorduras saturadas. Para a Danone, esses números são de 88% e 57%, respectivamente. 

A Danone foi procurada através de sua assessoria de imprensa, mas não respondeu até o fechamento da reportagem. 

Em nota enviada ao Joio, a Vigor afirmou que investe fortemente em pesquisa e desenvolvimento para a criação de produtos mais saudáveis e que tem trabalhado na redução da quantidade de açúcares de seu portfólio.

“Em 2020, [a Vigor] reduziu o açúcar adicionado em sua linha de sucos, Vig, e em seu achocolatado infantil Vigor em mais de 50% em relação às fórmulas anteriores. Com isso, os produtos passaram a conter menos de 5% de açúcar adicionado em sua composição total”, diz o texto encaminhado pela empresa.

O levantamento do Idec também mostrou que 48% dos portfólios combinados da Vigor e da Danone receberiam simultaneamente três alertas de conteúdo nutricional. 

O Perfil Nutricional da Opas prevê seis alertas de conteúdo nutricional, que indicam excesso de sódio, açúcares livres (adicionados), gorduras saturadas, trans, totais e presença de adoçantes artificiais (edulcorantes).

 Alertas chilenos. Imagem: Manual de etiquetado nutricional de alimentos/Governo do Chile

Um dos produtos do portfólio da Danone, o Activia Zero Lactose, receberia simultaneamente cinco alertas de conteúdo. O iogurte é alto em açúcares livres, gordura total, gordura saturada, sódio, e presença de edulcorante. 

No caso da Vigor, dois produtos receberiam simultaneamente cinco alertas: as sobremesas light Danúbio sabor torta de limão e Danúbio sabor goiaba, com alto teor de açúcar livre, gorduras totais, saturadas, sódio, e presença de edulcorante.

Por último, a análise conduzida pelo Idec também mostra que alguns segmentos merecem atenção especial. 

É o caso da categoria de de bebidas lácteas da Vigor, em que 93% dos produtos têm excesso de açúcar, e do segmento de bebidas adoçadas não carbonatadas da Danone, em que todos os produtos contém excesso de gorduras saturadas. 

O levantamento completo abrange outras sete grandes empresas da indústria alimentícia nacional – Vigor, Danone, Mãe Terra, Unilever, Mondelez e M. Dias Branco – e pode ser acessado aqui.

Matérias relacionadas