Amamentar: antes de ser um direito

As amas de leite foram, por muito tempo, as principais responsáveis pela nutrição infantil. Anúncios de jornais comprovam que o serviço prestado por essas mulheres, em sua maioria negras, se estendeu até o início do século 20. Mas, antes da abolição, em 1888, eram as escravizadas a desempenhar esse papel dentro das Casas Grandes. Foi nessa época que a medicina oitocentista passou a defender, sob discursos eugenistas, que o aleitamento era uma obrigação social e moral da mãe. Essa é uma história de descontinuidades e nuances sobre a história da amamentação no Brasil.  

Disponível também no YouTube e nas principais plataformas de áudio, como o Spotify.   

Entrevistas:

  • Tiacuã Fazendeiro,  médica pediatra e co-criadora do projeto Igbaya – Amamentação Negra 
  • Karoline Carula, historiadora e  professora do Departamento de História da Universidade Federal Fluminense (UFF)

Fontes de informação citadas no episódio:

Bibliografia

Se você tiver alguma dúvida, comentário ou sugestão sobre o episódio, fala com a gente nas redes sociais ou no email [email protected]

Roteiro Nathália Iwasawa | Pesquisa Brenda Vidal e Mylena Melo | Narração Bela Reis | Edição e Criação de Som Victor Oliveira | Produção-executiva Luisa Coelho | Produção Nathália Iwasawa | Direção-geral João Peres | Design Denise Matsumoto, Clara Borges e João Ambrósio | Mídias Sociais Brenda Vidal | Audiência Amanda Flora | Estúdio particular de Bela Reis 

Por Prato Cheio

Matérias relacionadas