Ops, a Nestlé aprontou de novo

Descobertas científicas recentes jogaram luzes sobre os primeiros 1.000 dias de vida, que passaram a ser conhecidos como uma janela de oportunidades fundamental. Nada disso passou despercebido pelas corporações de várias áreas, que chegaram trazendo um caminhão de produtos para explorar medos e ansiedades de uma fase naturalmente delicada para mães e pais. Fabricantes de fórmulas infantis mostram que não aprenderam nada com os erros do passado, e mais uma vez adotam estratégias que podem afetar a saúde de recém-nascidos. 

Entrevistados:

  • Bruna Thimotheo, mãe do Raul
  • Dione Pavan, mãe e nutricionista
  • Fabíola Najar, professora na Universidade de Taubaté e integrante da Ibfan
  • Ana Maria Segall Corrêa, professora aposentada do Departamento de Saúde Coletiva da Faculdade de Ciências Médicas da Unicamp
  • Cesar Victora, médico epidemiologista e professor emérito da Universidade Federal de Pelotas

Fontes de informação citadas no episódio

Para saber mais…

  • Vídeo – presidente da Nestlé no Brasil é interrogado no Senado dos Estados Unidos devido às fórmulas infantis

  • Livro – Por que o amor é importante. Como o afeto molda o cérebro do bebê aborda a relevância do carinho e do cuidado nos primeiros mil dias de vida

  • Podcast – no episódio “Alô, mãe”, da primeira temporada do Prato Cheio, abordamos a importância da amamentação.

A quarta temporada do Prato Cheio tem o apoio do Instituto Serrapilheira. Se você tiver alguma dúvida, comentário ou sugestão sobre o episódio, fala com a gente nas redes sociais ou no email [email protected]

Roteiro João Peres | Pesquisa Luisa Coelho| Narração Marina Yamaoka| Edição de Som Victor Oliveira | Produção-executiva Marina Yamaoka | Design Denise Matsumoto | Mídias Sociais  Juliana Mastrascusa e Amanda Flora

Trilha sonora Blue Dot Sessions

Matérias relacionadas