A Febre da Soja

Doko: quatro letrinhas que mudaram a história do Brasil. E das quais você nunca ouviu falar. A soja doko desenvolvida pela Embrapa nos anos 70 e 80 foi uma inovação improvável: um grão originário de climas temperados aprendeu a se desenvolver no Cerrado. Casada com o boi, a soja abriu o caminho para o milho e tudo o que veio em seguida, com a devastação de imensas áreas e uma alteração drástica nos rumos sociais, ambientais e políticos do país. 

Entrevistados:

  • Plínio Itamar de Mello de Souza, agrônomo aposentado da Embrapa Cerrados e um dos criadores da soja doko
  • Romeu Kiihl,  agrônomo aposentado da Embrapa e um dos criadores da soja doko
  • Sebastião Pedro, chefe da Embrapa Cerrado
  • André Ferreira Pereira, pesquisador da Embrapa que coordenou o programa de melhoramento de soja da Embrapa para a região do Cerrado até 2008

Fontes de informação citadas no episódio

  • O Brasil passou de 15 milhões de toneladas de soja em 1981 para 120 milhões em 2019, e bate um recorde atrás do outro (IBGE e Conab). 
  • Os defensores da soja apontam a proteína como principal razão para a disseminação do consumo. 100 gramas de soja possuem 36,5 gramas de proteína, contra 25,2 gramas do feijão, por exemplo. 
  • Um comunicado técnico publicado em maio de 1981 pelo Centro de Pesquisa Agropecuária dos Cerrados da Embrapa, intitulado “Nova variedade de soja para os Cerrados”, lança oficialmente a soja doko
  • Desmatamento no Cerrado em 2020 totalizou 731 mil hectares, alta de 13,2% frente a 2019. Levantamento da ONG Chain Reaction Research estima que 207 mil hectares estavam voltados à produção de soja
  • Essa reportagem da TV Brasil aborda os 40 anos da Embrapa, com ênfase nas inovações para o Cerrado
  • Em entrevista publicada em 1993 na revista Teoria e Debate, o agrônomo e fazendeiro José Gomes da Silva fala sobre o desenvolvimento de variedades de soja no Instituto Agronômico de Campinas, um passo importante para a futura criação da doko.

Para saber mais…

A quarta temporada do Prato Cheio tem o apoio do Instituto Serrapilheira. Se você tiver alguma dúvida, comentário ou sugestão sobre o episódio, fala com a gente nas redes sociais ou no email [email protected]

Pesquisa André Cabette Fabio | Roteiro Amanda Guedes & João Peres | Edição de Som Victor Oliveira | Produção-executiva Marina Yamaoka | Design Denise Matsumoto & Clara Borges | Mídias Sociais  Juliana Mastrascusa & Amanda Flora

Trilha sonora Blue Dot Sessions

Matérias relacionadas