Muito além da porteira

Uma investigação inédita do Joio, em parceria com o The Intercept, expõe a conexão entre mercado financeiro, medidas do Congresso e de Bolsonaro, e o avanço do agro sobre terras indígenas, agricultura familiar e florestas. O processo de perda de terras para a produção de alimentos tem se acelerado de maneira vertiginosa, podendo agravar o cenário de fome e de inflação. Latifundiários encontram aval do governo e financiamento farto do mercado para impulsionar o plantio de soja e milho. O falso discurso de que “o Brasil alimenta o mundo” ajuda a legitimar violações e dá potência ao processo destrutivo. Confira a série de reportagens em texto e no podcast Prato Cheio.

Levantamento do Joio expõe conexão entre explosão de investimentos e medidas do Congresso e de Bolsonaro que facilitam avanço do agro sobre terras indígenas, agricultura familiar e florestas

Unidos pelo golpe de 2016, os dois setores contaram com os ventos favoráveis de Brasília para criar novos investimentos bilionários. E, agora, dão sustentação a Bolsonaro

Levantamento inédito de O Joio e O Trigo revela como o mercado financeiro está invadindo o agronegócio brasileiro, colocando em risco o meio ambiente e a segurança alimentar global em nome de lucros obscenos

A maior gestora de fundos do mundo lidera a tomada dos sistemas alimentares por parte do capital internacional, à revelia do que preveem suas próprias iniciativas “verdes”

O crescente atrelamento do agronegócio brasileiro ao mercado financeiro – incluindo “títulos verdes” irresponsáveis – está permitindo investimentos estrangeiros no setor mais responsável pelo desmatamento

Matérias relacionadas